Uma Aventura por Terras de África

Partilhas contadas na primeira pessoa, dos cheiros, cores, sons e vidas de África, que fazem despertar todos os sentidos!

ebook

Parte das vendas deste livro reverterá a favor de projetos na Guiné-Bissau

Kon-Kon*

Eu sei que África é a minha casa e este é o meu caminho!

Em 2016 surgiu uma nova oportunidade de regressar à minha casa Africana, desta vez para a Guiné-Bissau. No entanto, no momento de aceitar o desafio em partir para mais uma missão, os tempos tinham trazido uma nova reflexão: e o meu sobrinho? Iria sempre saber novidades dele por outras pessoas. Mas como poderia manter-me próxima dele estando tão longe?

As cartas da tia-que-vive-na-selva são, nesse sentido, uma janela-de-partilha para que o meu sobrinho Afonso possa conhecer algumas das aventuras do dia a dia de cá. São uma janela-de-partilha para a “selva” (expressão usada por ele, com apenas três anos) que espero que possa ser usufruída em família, lendo as cartas e colorindo os desenhos feitos por crianças e jovens de cá. Acima de tudo, desejo que todos os “Afonsos” se deixem encantar pela magia da Guiné-Bissau e que seja uma luz para que cada um descubra os seus sonhos e que os conquiste. É a sonhar que o nosso mundo ganha aventura e cor, como acontece com algumas das histórias aqui presentes, que terminam sempre com um sorriso no rosto e um coração bem quente.

*Kon-Kon é o que se diz na Guiné-Bissau quando se quer entrar na casa de alguém. Como não há campainhas, as pessoas fazem um barulho semelhante a bater na porta ao dizerem: Kon-Kon!

0

Cartas

0

Desenhos feitos por crianças e jovens da Guiné-Bissau para serem coloridos por ti

0

Mapa da tia-que-vive-na-selva

0

Contributo para um mundo com mais sorrisos através da construção de uma escola na região de Bolama (Guiné-Bissau)

Ações executadas

Atividades onde a tia-que-vive-na-selva esteve envolvida



Sabias que…
A tia-que-vive-na-selva tem partilhado na comunicação social a sua missão?



Abrir Link

Sabias que entre 2016 e 2018…
A tia-que-vive-na-selva esteve numa missão no sul da Guiné-Bissau pela ONG AMI – Assistência Médica Internacional num projeto de saúde materno infantil?

Sabias que entre 2012 e 2015…
A tia-que-vive-na-selva também foi a São Tomé e Príncipe, regressou à sua missão no norte de Moçambique e colaborou com uma associação em Angola que apoia crianças albinas?






Sabias que em 2012…
A tia-que-vive-na-selva recebeu uma medalha de ouro comemorativa do 50.º aniversário da Declaração Universal dos Direitos do Homem?

Abrir Link

Sabias que em 2012…
A tia-que-vive-na-selva esteve com a Dra. Maria Cavaco Silva a partilhar a sua experiência?

Abrir Link

Sabias que em 2012…
A tia-que-vive-na-selva recebeu o prémio de “Melhor Voluntária do Ano” atribuído pela Active Citizens of Europe?

Abrir Link



Sabias que em 2011 e 2012…
A tia-que-vive-na-selva esteve numa missão no norte de Moçambique pela ONG ATACA – Associação de Tutores e Amigos da Criança Africana – que apoia mais de 900 beneficiários em situação de pobreza extrema?


Sabias que em 2010…
A tia-que-vive-na-selva deu a sua primeira entrevista para a comunicação social?

Abrir Link

Sabias que em 2009…
A tia-que-vive-na-selva esteve numa missão em Moçambique (província de Gaza) no projeto Nymba-Kaya é o Mundo pela ONG AIDGlobal?
Queres mais uma curiosidade? Tanto Nymba como Kaya querem dizer casa nos dialetos moçambicanos. Por isso Nyumba-Kaya é o Mundo quer dizer que a nossa casa é o mundo!

O que os leitores dizem sobre o livro

O entusiasmo, a alegria e a paixão com que a Isabel Fernandes escreve as Cartas da “tia-que-vive-na-selva” envolve-nos e transporta-nos para um outro mundo, onde a vida segue a um ritmo muito diferente daquele a que estamos habituados. Um mundo repleto de aventura e de cor que nos ensina a viver a vida de uma forma mais simples e descontraída. Que nos mostra que o essencial é invisível aos olhos e só se vê bem com o coração, como dizia o escritor Antoine de Saint-Exupéry.

É um livro para toda a família, que cria pontes, aproxima pessoas e culturas e nos mostra que um sorriso e um coração bom podem mudar o mundo!

Kon-Kon Isabel! Fico à espera de mais cartas!

face

Paulo Cunha

Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão

Abrir o livro "Cartas da tia-que-vive-na-selva", é entrar nesse pedacinho de terra africana a que chamamos Guiné-Bissau. Este é um livro a ser lido por todos, independentemente da idade! As cores, os desafios, as aventuras, as belezas naturais, o sorriso das crianças, tudo aqui tem um sentido entrelaçador, permitindo-nos, e comprometendo-nos, a partilhar vidas em que as certezas concretizam muita da esperança que, de mãos dadas, a Tia Isabel ajuda a cultivar!

face

Teresa Sarmento

Professora Universitária

As cartas da tia-que-vive-na-selva conseguiram mostrar aos portugueses o dia a dia dos guineenses, mas sobretudo de uma cidadã portuguesa que apesar de estar na coordenar de um projeto de saúde comunitária aproveitava para inteirar-se do dia a dia dos guineenses. Daí conseguiu resgatar da Guiné Bissau e dos guineenses o essencial, e percebeu que era preciso passar a imagem daquilo que viveu e descobriu ao longo do tempo. Sendo assim, a tia-que-vive-na-selva mostrou aos portugueses que a Guiné Bissau tem coisas boas para aproveitar e que as crianças da têm muitas potencialidades.

Com a tia-que-vive-na-selva podem também aprender algumas palavras em crioulo. No sta djunto, kon-kon, armon de amanhã, um mon so kata toka palmo. Tudo faz parte do nosso dia a dia!

face

Mussa Baio

Colaborador da Assistência Médica Internacional (AMI) na Guiné-Bissau

Isabel ha sido capaz de presentar la riqueza y singularidad de la tierra africana con una mirada inocente, centrándose en el día a día y fijándose en las cosas simples e importantes de la vida en africa; fomenta además con su formato l posibilidad de hacer AMIGOS y convertir la lectura en una gran aventura!

face

Ana Belén Darías

Gestora de Projetos

Um livro divertido, vivo e interativo. Uma forma de aproximação ao continente Mãe e às suas gentes. Um livro educativo e bilateral, que aproxima corações através das interações que propõe. Uma forma de saber sobre África, suas rotinas, dificuldades e alegrias…suas formas de estar, ser e sentir. Apesar de vivermos na era da globalização, de acharmos que facilmente lemos ou nos informamos sobre os mais diferentes assuntos, é bom lembrar que ainda há culturas distantes, envoltas nas suas diferentes maneiras de estar e viver. É bom lembrar que aquilo que é para uns uma garantia a cada dia, para outros são grandes privilégios.

A tia-que-vive-na-selva traz-nos a África desde a sua tabanca, perdida na selva. Deste lado do mundo lemos com entusiasmo, do lado da tia-que-vive-na-selva todos esperam o nosso retorno!

face

Joana Peres

Coreógrafa, Professora e Bailarina de dança Africana (Allatantou)

Queres explorar as aventuras das cartas da tia-que-vive-na-selva?

Preenche este formulário com o teu nome e email e recebe um excerto das cartas da tia-que-vive-na-selva!

ebook preview
* campos obrigatórios
Ao te inscreveres neste formulário irás fazer parte de uma lista de subscritores para a qual irei enviar, para além da oferta aqui referida, emails com conteúdo, convites para eventos e ofertas exclusivas. Caso não tenhas interesse em receber estas informações por email ou não concordes com os Termos de Utilização e Política de Privacidade, por favor não subscrevas esta oferta. Obrigada!

0

Mais de 50 luas-cheias em África

0

2 Vezes picada pelo mosquito Anopheles

0

Coloquei os pés em mais de 10 países Africanos

Infinitos

Sorrisos, gargalhadas e abraços que partilhei!

Quem é a tia-que-vive-na-selva?

author

Isabel Fernandes *


Perguntam-me várias vezes se tenho alguma razão familiar que justifique a minha paixão por África. Já pesquisei sobre os meus antepassados, mas nunca encontrei algo que me leve a essa justificação. E na verdade, ainda bem! É a prova de que há sentimentos que não se explicam e não precisam de ser explicados. Basta sentir. E é isto que sinto: uma enorme paixão por África. Uma paixão que recua, segundo os meus Pais, aos tempos de criança sempre que dizia que um dia estaria “ali” quando via imagens de África na televisão. Cresci com esse sonho e lutei por ele. Aos 21 anos fiz a minha primeira missão no mundo africano. Moçambique foi a minha primeira casa. Bastou um segundo para perceber a paixão: o bafo quente, o cheiro, as cores, as pessoas, a terra-laranja, o verde-das-árvores, os cânticos, os abraços. Desde então, África continuou (e continuará sempre!) no meu caminho cá e aí, levando esta terra-laranja até ti!



* Distinguida com o Prémio Europeu de Melhor Voluntária do Ano em 2012

Encontro-me disponível para palestras, apresentação do livro ou deslocações a escolas/universidades e outros, para partilhar estas aventuras!

Preços

Obrigada por querer ter um pedaço de África nas suas mãos e distribuir mais sorrisos!

Para adquirir algum dos artigos deverá fazer uma transferência do montante indicado para uma das seguintes opções:



Depois de realizar a transferência, envie por favor a seguinte informação para o email tiaquevivenaselva@gmail.com:

1. Comprovativo da transferência realizada
2. Nome do destinatário
3. Morada do destinatário
4. Observações (ex., preferência de cores das capulana, pedido de envio de fotografias dos artigos)

Assim que a tia-que-viva-na-selva receber essa informação, mesmo que esteja no mundo-de-lá, irá fazer com que a tua encomenda chegue às tuas mãos com a maior brevidade possível.

Caso necessites de alguma ajuda ou falar diretamente com a tia-que-vive-na-selva, não hesites em enviar email para tiaquevivenaselva@gmail.com

Obrigada por estares desse lado a acompanhar e a contribuir!

Parte das vendas destes artigos revertem a favor de projetos em África. Acompanha no Facebook e Instagram


Pack Livro cartas da tia-que-vive-na-selva + saco de capulana produzido na Guiné-Bissau ​


+




Preço do Pack: 16 euros + 3,50 euros portes de envio (caso aplicável)

Preço apenas do saco de capulana: 6 euros + 1,50 euros portes de envio (caso aplicável)

Existem sacos de capulana com diferentes padrões. Caso tenhas preferência por algumas cores, poderás indicar nas observações do pedido.

Pack Livro cartas da tia-que-vive-na-selva + mochila de capulana produzida na Guiné-Bissau ​


+




Preço do Pack: 33 euros + 3,50 euros portes de envio (caso aplicável)

Preço apenas da mochila de capulana: 25 euros + 3,5 euros portes de envio (caso aplicável)

Existem mochilas de capulana com diferentes padrões. Caso tenhas preferência por algumas cores, poderás indicar nas observações do pedido. ​

Pack Livro cartas da tia-que-vive-na-selva + camisola com capuz e bolso de capulana


+




Preço do Pack: 35 euros + 3,5 euros portes de envio (caso aplicável)

Preço apenas da camisola: 25 euros + 3,5 euros portes de envio (caso aplicável)

Existem camisolas com diferentes cores, padrões e tamanhos (criança e adultos). Entra em contacto com a tia-que-vive-na-selva para escolheres a tua camisola.

Livro cartas da tia-que-vive-na-selva + saco-toalha de capulana produzida na Guiné-Bissau


+




Preço do Pack: 33 euros + 3,50 euros portes de envio (caso aplicável)

Preço apenas do saco-toalha: 25 euros + 3,50 euros portes de envio (caso aplicável)

Existem sacos-toalha de capulana com diferentes padrões. Caso tenhas preferência por algumas cores, poderás indicar nas observações do pedido.

Pack Livro cartas da tia-que-vive-na-selva + roupa produzida na Guiné-Bissau


+




Preço do Pack: a analisar de acordo com a peça a produzir + portes de envio (caso aplicável)

Preço apenas da peça de roupa: a analisar de acordo com a peça a produzir + portes de envio (caso aplicável)

Podes fazer peças únicas e personalizadas com as capulanas africanas. Entra em contacto com a tia-que-vive-na-selva para teres uma peça bastante especial à tua medida.

Os panos tradicionais com cores irresistíveis - capulanas - podem ser desenhados e transformados em peças únicas!

Deixa-me uma mensagem!

Responderei logo de seguida!

Obrigada! A mensagem foi enviada.

Ocorreu algum erro. Experimenta abrir novamente a página e submeter novamente a mensagem.